Retração gengival: Veja como tratar

O que é Retração gengival?


Ela acontece quando há o deslocamento da gengiva e, com isso, uma exposição das raízes dos dentes. Essa condição pode afetar apenas um dente, ou então vários deles.

Em razão dessa exposição da raiz, desaparece sua camada de revestimento, e isso expõe outra parte do dente, a dentina, que é extremamente sensível. Pode ocasionar cáries, hipersensibilidade dental, e problemas estéticos. Acesse meu site: www.drajanainapimenta.com.br https://www.drajanainapimenta.com.br/




Quais os Sintomas?


A retração pode se manifestar por uma série de sintomas, como, por exemplo, os seguintes:


– Exposição da raiz dos dentes;

– Sangramento da gengiva no ato da escovação;

– Mau hálito;

– Dor nos dentes;

– Sensibilidade excessiva como, por exemplo, ao usar talheres.

Qual o Tratamento?


Quando uma recessão de menor proporção é ignorada, o desenvolvimento da retração e perda óssea ao redor do dente tem uma grande chance de acontecer. Os métodos de tratamento variam de acordo com o tipo e gravidade da retração. Se for causada pela escovação excessiva ou agressiva, seu dentista pode orientá-lo sobre formas mais adequadas de higienização bucal.


Cirurgia de enxerto de tecidos moles (chamada de enxerto de tecido conjuntivo) e outros procedimentos ajudam a criar mais gengiva inserida para prevenir a progressão da recessão gengival e auxiliar na regeneração e restabelecimento da cobertura da raiz. 

Se a recessão for causada por doença periodontal, o primeiro passo normalmente envolve uma limpeza especial, chamada de raspagem e alisamento radicular. Para muitos pacientes, esse tratamento - associado a uma excelente higiene bucal em casa e avaliações regulares - pode ajudar a estabilizar o problema periodontal e prevenir futuras perdas gengivais. Por isso, fique atento aos sinais e sintomas e procure orientação cada vez que tiver dúvida quanto à saúde bucal.










Compartilhe com os amigos! Clique aqui