Qual é a relação entre Doenças Periodontais e Doenças Sistêmicas

Pesquisas demonstram a inter-relação da doença periodontal com doenças sistêmicas, tais como:

-Doenças cardiovasculares
-Osteoporose;
-Baixo peso ao nascimento e parto prematuro de bebês;
-Diabetes;
-AVC (derrame);


Há ainda pesquisas sugerindo que as doenças periodontais são fatores de risco para algumas doenças respiratórias, como a rinite, a sinusite e a pneumonia.


As Doenças Periodontais atingem 75% da População maior de 25 anos.
    
Como as Doenças Periodontais podem afetar o Sistema Respiratório? 

As bactérias causadoras da doença periodontal podem alcançar a circulação sangüínea ou a própria infecção periodontal. Pela proximidade, podem contaminar as mucosas nasal (causando a rinite) ou a sinusal (causando a sinusite). A aspiração de bactérias da doença periodontal podem iniciar ou exacerbar a pneumonia, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), fibrose cística, enfisema, embolismo ou empiemas (abscessos) pulmonares. desta forma, as doenças periodontais são consideradas fatores de risco, devendo ser diagnosticadas, tratadas e controladas .

Qual a relação da Diabetes e Periodontite?


Sabe-se que, a longo prazo, órgãos como olhos, rins, coração, nervos e vasos sangüíneos podem ser acometidos em conseqüência do aumento do aumento do nível de glicose no sangue. A doença periodontal é considerada a sexta complicação do diabetes.Como qualquer tipo de infecção, os problemas periodontais podem dificultar o controle do diabetes.

                                             

Da mesma forma que outras complicações do diabetes, a doença periodontal está ligada ao controle metabólico de modo bidirecional, ou seja, influenciando e sofrendo influência do diabetes. O paciente que não trata suas infecções bucais não consegue controlar o seu Diabetes e vice-versa.A presença da placa bacteriana no diabético provoca uma inflamação gengival mais acentuada do que o faria em um paciente não diabético. Pessoas com controle glicêmico deficiente podem apresentar doenças mais severas na gengiva e haver perdas dentárias mais rápidas do que as pessoas com bom controle metabólico.

O paciente diabético é mais susceptível a desenvolver a doença periodontal ?

Sim, devido à sua dificuldade em reagir contra as agressões (resistência orgânica e resposta à inflamação gengival prejudicada), microbiota oral alterada e metabolismo anormal do colágeno. A doença periodontal é o achado mais comum em pacientes com diabetes mal controlada.

Aproximadamente 76% destes pacientes mal controlados possuem doença periodontal com aumento de reabsorção óssea alveolar e alterações gengivais.Entretanto, diabéticos controlados apresentam, também, uma grande incidência e gravidade da doença periodontal.O diabetes por si só não causa doença periodontal, mas pode alterar o curso da periodontite preexistente já que, de acordo com a severidade da doença periodontal, ela está significativamente relacionada a elevados níveis de glicose no sangue. 

Doenças periodontais são consideradas fatores de risco para doenças respiratórias,cardiovasculares e outras. Prevenção e controle das doenças periodontais são fundamentais à integridade do trato respiratório, coração e vasos sangüíneos.


SEJA CONSCIENTE E PREVINA-SE!!!
.
GENGIVAS SAUDÁVEIS COLABORAM PARA SUA SAÚDE!

NÃO FUME!


FAÇA CORRETA HIGIENE BUCAL APÓS AS REFEIÇÕES!







Compartilhe com os amigos! Clique aqui